Curitiba, 26 de junho de 2022

Buscar

ir para a página inicial do site

logo da gazeta
Saiba mais com o Érico!

E.M. CEI Érico Veríssimo - EF

BULLYING, POR QUE NÃO DEVEMOS PRATICAR?

     O bullying, é atualmente reconhecido como um problema sério principalmente nas escolas, e com consequências muito grave para as vítimas e para os agressores, prejudicando também a aprendizagem.  Ferindo a dignidade das pessoas.       
     Crianças que sofrem ou praticam o bullying, quando crescem viram adultos com sentimentos ruins e com baixa autoestima, consequentemente acabam fazendo o mesmo com seu próximo.      
 
POR QUE UM NOME EM INGLÊS?
        O termo bullyng tem origem na palavra bully, que significa valentão, brigão. Como verbo significa ameaçar, amedrontar, oprimir, intimidar, maltratar. O primeiro a relacionar palavra ao fenômeno foi Dan Olweus, professor da Universidade da Noruega. Ao pesquisar as tendências suicidas doa adolescentes, Olweus descobriu que a maioria desses jovens tinha sofrido algum tipo de ameaça e que o bullying era um mal que precisava ser combatido. Em português não existe um termo equivalente, alguns estudiosos denomina “violência a moral”, “vitimização”.
Fonte:http://revistaescola.abril.com.br/crianca-e-adolescente/comportamento/como-lidar-brincadeiras-431324.shtml
 
CYBERBULLYING! O QUE É?
      Esta é uma violência praticada através da internet ou outras tecnologias relacionadas. Praticar cyberbullying, significa usar o espaço virtual para intimidar uma pessoa atacando-a covardemente.
     A pratica do cyberbullying é mais fácil para os agressores podendo fazer de forma anônima nas redes sociais, através dos e-mails, mensagens com conteúdo maldosos, ofensivos e caluniosos.
     As consequências para as pessoas que são agredidas por cyberbullying, poderão apresentar sintomas muito parecidos com o bullying, como distúrbios do sono, problemas de estomago, transtorno alimentares, irritabilidade, depressão, transtorno de ansiedade, dor de cabeça, falta de apetite e principalmente pensamentos destrutivos, como desejo de morrer e até suicídio. Geralmente os casos começam quando aparece na internet fotos ou vídeos das vítimas.
Cyberbullying – filme
Cyberbully( bullying virtual) é um filme lançado na televisão e conta a história de uma garota vítima de bullying em uma rede social. Foi lançado em 2011 nos Estados Unidos, e em 2012 no Brasil.
Fonte: http://www.significados.com.br/cyberbulliyng/
 
BULLYING NA ESCOLA
   Para saber como acontece o bullying em nossa escola, os alunos participantes da 4º Gincana Virtual da Equipe Heróis da Igualdade, foram a campo colher depoimentos de alunos que sofrem ou sofreram bullying na escola, alguns alunos entrevistados não conheciam a palavra bullying, outros deram depoimentos dizendo o que acham sobre o assunto e contaram que sofrem bullying na escola.
      Um dos casos mais tristes foi quando o aluno da escola J.M.S., diz sofrer bullying na escola e em casa também, pois ele usa óculos e aparelho de surdez, diz ficar muito triste quando é chamado de “cego ou surdo”, sentindo-se muito mal.  Outro aluno fez questão de dar seu depoimento pois sempre o chamam de “Gordo Baleia” e isso acontece sempre na escola ele fica muito triste e nem consegue tirar a blusa nos dias de calor, tem o caso do aluno B.B.B., que deu seu depoimento pois os colegas o chamam de “Chicletes Preto”, a aluna K.S. diz que “Bullying é uma coisa ruim e que não deveria acontecer na escola, conta que em outra escola que frequentava ficava muito isolada, sempre sozinha, mas quando mudou para essa escola melhorou muito aqui ela não é desprezada". 
     Como vemos nos depoimentos muita coisa precisa mudar.
 
AGRESSÃO FÍSICA OU VERBAL

    Os alunos da equipe Heróis da Igualdade, realizam uma enquete entre os alunos da escola para saber a opinião dos alunos sobre as agressões do bullying.
 
  Agressão Verbal Agressão física
O que mais prejudica quando uma pessoa sofre bullying. 35 31
Qual o tipo de bullying que mais acontece na escola. 43 38
 
     Perguntamos também “Se sofrer bullying, você contará para seus pais ou professores”, 37 dos entrevistados disseram que sim, contariam para uma pessoa mais velha, um professor ou para os pais, e 6 alunos disseram que não contariam.
Fonte: CEI Érico Veríssimo
 
COMO COLABORAR COM A ESCOLA PARA QUE ESTE PROBLEMA SEJA SUPERADO
 
      O bullying, sempre existiu mas foi dado mais  importância agora já que as coisas se complicam muito através das mídias, isso faz com que essas atitudes no meio social se tornarem um pouco mais graves.
      Adotar atitudes de respeito com o próximo. Perceber a importância de ter um bom convívio social, de conhecer valores e regras, afastar-se dos agressores, procurar ajuda nos mais velhos, não temer ameaças, ter sempre a consciência de que não podemos praticar o bullyng, são algumas maneiras de diminuir os casos.
 

Autor: YSIS DO PILAR SILVA JESUS
Idade: 16 anos
Postado em: 24/09/2015
Fonte: CEI Érico Veríssimo - Equipe Heróis da Igualdade

noticias

0 comentário(s)

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro!

Postar um novo comentário

Seu comentário foi enviado para avaliação!

Enviar Comentário