Curitiba, 26 de junho de 2022

Buscar

ir para a página inicial do site

logo da gazeta
Fala Teixeirinh@

E.M. Anísio Teixeira - EIEF

Entrevista com a curadora do MAI

No dia vinte e nove de novembro os jornalistas mirins estavam visitando o MAI (Museu de Arte Indígena), quando chegou a Ana Itália (curadora do museu). A jornalista Ana Luiza e a professora organizaram perguntas para entrevistá-la, confiram:

Nome: Ana Italia Paraná Mariano

Profissão: atualmente eu sou curadora de um museu

1. O que faz uma curardora?

A curadora tem que pegar uma coleção (no caso do museu), ou algumas obras (no caso de apenas uma exposição), pensar naqueles objetos e ver a melhor maneira de apresentação ao público. O público que vai a uma exposição não tem a obrigação de conhecer sobre o que vai ver, então o curador procura uma maneira didática de apresentar as obras.Também é necessário pensar no trabalho estético e o cuidado com obras (que por serem objetos materiais podem perecer).

2. Como foi o processo de organização do Museu de Arte Indígena?

Veio de muitos anos, a Juliana já possui esta coleção há muito tempo. Ela me convidou para ajudar a montar o MAI em Cravelândia a cidade no sudoeste do Paraná que ela morava. O primeiro MAI foi aberto lá e funcionou por mais de seis anos. Como ela se mudou para Curitiba, eu ajudei ela a organizar o museu aqui.

3. Você já participou de alguma expedição em tribos indígenas?

Com a Juliana não, eu conheço alguma aldeias aqui do Paraná, mas infelizmente não tive a oportunidade de ir com ela.

4. O que mais chama sua atenção na cultura indígena?

 Difícil dizer o que chama mais atenção, mas como um todo é a seriedade em tudo que os indígenas fazem. Tudo no mundo indígena tem que ter beleza, está ligado a natureza (floresta, animais, pessoas). É um mundo muito puro, não existe roubo, assassinato. Como a Juliana conta não existe doença mental no povo indígena, existe felicidade, não se vê índio triste. Chama atenção neste modo de vida, a pureza e beleza. Tudo que eles fazem não deve ser considerado com artesanato, mas sim verdadeiras obras de arte.

Fiquem ligados no Jornal Eletrônico Extra! Extra!.

 

Autor: Lucas Cardoso Alves Correia
Idade: 16 anos
Postado em: 30/11/2016
Fonte: Escola Municipal Anísio Teixeira

noticias

1 comentário(s)

 

Enzo13- enviado em 12/12/2016

Meu Deus foi muito legal esse passeio vocês deviam ir la

Postar um novo comentário

Seu comentário foi enviado para avaliação!

Enviar Comentário